Blog do Cb Adilson

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

O Cabo e o Doutor

Em março último, Cabo Patrício (PT), então vice-presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal, procurou José Roberto Arruda (DEM) na Granja de Águas Claras, residência oficial do governador. Foi tratar do novo plano de salários da Polícia Militar.
Arruda foi grosseiro com ele.
- Vou acabar com você - prometeu Arruda.
Alguns dias antes, Patrício havia feito um duro discurso criticando o governo.
- Acabar? Que conversa é essa? Sou lá da sua quadrilha? - respondeu Patrício.
- Vou acabar, sim. O Álvaro vai cuidar de você - retrucou Arruda.
- Que Álvaro? Tenho lá medo de nenhum Álvaro? - esquivou-se Patrício.
- O dr. Álvaro - corrigiu. "Ele vai acabar com você".
Antes que Patrício desse as costas para ir embora sem saber quem era o dr. Álvaro, surgiu um sujeito de corpanzil avantajado e cabelos brancos.
- Eu vou acabar com você como acabei com o Cabo Júlio - disse o tal sujeito.
- Eu não sou o Cabo Júlio. Sou Cabo Patrício.
- Pois vou acabar com você do mesmo jeito.
Cabo Júlio foi o líder da greve de 1997 da Polícia Militar de Minas Gerais. Depois se elegeu deputado federal duas vezes. Hoje é vereador em Belo Horizonte pelo PMDB.
O dr. Álvaro é Álvaro Teixeira da Costa, presidente dos jornais Correio Braziliense e Estado de Minas.
Cabo Patrício, atual presidente interino da Câmara Distrital, repete essa história para quem quiser ouvir. E diz ter outras para contar.

BlogdoNoblat (Blog do Noblat)

Nenhum comentário:

Postar um comentário