Blog do Cb Adilson

sábado, 20 de fevereiro de 2010

PMMG: Lançamento dos veículos blindados e passagem de comando conjunta

Na manhã de hoje, 19, a Polícia Militar promoveu o lançamento oficial dos veículos blindados adquiridos pela Corporação. A cerimônia contou ainda com a passagem de comando conjunta do Batalhão de Polícia de Guardas, Batalhão de Polícia Militar Rodoviária, GATE e Companhia de Meio Ambiente.
O evento contou com as presenças do Comandante-Geral da PM, Coronel Renato Vieira, do Comandante do Policiamento Especializado - CPE, Coronel Sandro Teatini, autoridades civis e militares.

Assumiu o comando do Batalhão de Polícia de Guardas, o Tenente-Coronel Márcio Antônio de Miranda que substitui o Ten-Cel José Joaquim Ramos. O Tenente-Coronel Edil Gonçalves Ramos passou o comando do Batalhão de Polícia Militar Rodoviária - BPMRv para o Tenente-Coronel Sebastião Olímpio Emídio Filho.

O Ten-Cel Marcelo Vladimir Correa assumiu o comando do Grupamento de Ações Táticas Especiais - GATE. O Oficial substitui o Major Ledwan Salgado Cotta. A Companhia de Polícia Militar de Meio Ambiente terá o Major Alex Augusto de Souza à frente do comando, em substituição ao Capitão Valmir José Fagundes.


BLINDADOS

A utilização das viaturas blindadas será pautada na promoção dos direitos do cidadão e na proteção da comunidade e dos operadores do Sistema de Defesa Social


As viaturas blindadas da PMMG não constituem veículos de ocupação, mas de socorro, resgate e de intervenções policiais pontuais em situações de alto risco e complexidade.
O emprego das viaturas blindadas da Polícia Militar de Minas Gerais norteia-se por uma política de segurança pública que busca combater a violência com estratégias alternativas à confrontação e à intimidação. Portanto, as viaturas blindadas não serão empregadas no patrulhamento preventivo em aglomerados urbanos, uma vez que, para tal mister, existem grupos especificamente institucionalizados pela PMMG.

As viaturas foram especialmente projetadas para a Corporação e adquiridas para potencializar a capacidade de resposta a eventos críticos de defesa social, tais como:
- Controle de distúrbios civis;
- defesa de imóveis privados ou públicos que estejam sendo ameaçados de ocupação ou em estado de flagrância de ocupação;
- cobertura aos responsáveis pela reintegração de posse, no caso de imóvel ocupado;
- rebeliões ou motins em estabelecimentos prisionais;
- atuação em áreas urbana e rural, na remoção de barricadas, desobstrução de vias públicas e suporte para operações de restabelecimento da ordem;
- apoio às atividades de defesa civil em ocorrências de sinistros, de fenômenos naturais, de blecautes, crises de abastecimento d'água, que causem impactos nas comunidades gerando a possibilidade de distúrbios e conflitos;
- captura de infratores armados que se encontrem abrigados dificultando a aproximação a pé ou em viaturas comuns;
- resgate de policiais e cidadãos que se encontrem em confrontos armados de alta intensidade;
- cumprimento de mandados judiciais que envolvam variáveis de alto risco e complexidade;
retomada de pontos sensíveis em situações de atentados ou ataques terroristas;

As duas viaturas possuem tração 4x4 e blindagem especial contra disparos de arma de fogo e explosivos, sendo a Viatura Blindada de Ações Táticas Especiais pintada na cor preta e a Viatura Blindada para Controle de Distúrbios Civis pintada de camuflado.



(Jornalista Sheila de Ângelis)

Nenhum comentário:

Postar um comentário